Av Jequitaia, 411, Galeria de Lojas, Mercantil Roduigues

71 3312 8011 / 99742 5129

Telefone

3312 8011

Horário de Funcionamento

Seg- Sex 8:00 A.M - 6:00 PM /Sáb 9:00 AM - 2:00 PM

Entre em Contato

99742 5129(watsup)

Telefone

3312 8011

Horário de Funcionamento

Seg- Sex 8:00 A.M - 6:00 PM /Sáb 9:00 AM - 2:00 PM

Entre em Contato

99742 5129(watsup)

A Origem dos Implantes Dentários

A Origem dos Implantes Dentários

 

Como surgiu os implantes dentários:  Foi em 1965 que o médico ortopedista, professor Per-Ingvar Brånemark,  frente de um grupo de pesquisadores da Universidade de Gotemburgo, Suécia, , iniciou os estudos que culminaram com a descoberta da Osseointegração. Na época, Brånemark estava interessado por pesquisa e protocolos de procedimentos cirúrgicos que resolvessem deficiências físico-funcionais de seres humanos.

No inicio dos anos 60, Brånemark investigava a microcirculação sanguínea em tíbias de coelho com ajuda de uma câmara de observação em titânio, quando percebeu que o metal e o osso se integraram perfeitamente, sem haver rejeição. Com base nesta observação, desenvolveu cilindros personalizados para serem implantados na tíbia de coelhos e cães. Tornando-se mais tarde uma base segura, modificada e otimizada para receber próteses fixas de longa duração em maxila e mandíbula para aplicação humana.

Batizada como Osseointegração (do latim os, osso), a técnica tem sido aperfeiçoada nos últimos 50 anos pelos cientistas, que criaram o mais avançado sistema de prótese fixa da história reabilitadora da Odontologia mundial.

O primeiro paciente de implantes dentários

Após os princípios básicos estabelecidos, um passo seguinte foi a pesquisa para avaliar o potencial do titânio como um ponto de ancoragem para aplicações médicas na conexão de membros artificiais. A idéia original era trabalhar com cirurgia de articulação de joelhos e bacia das vítimas de acidentes com motocicletas. Entretanto, atuar na reabilitação bucal passou a ser mais praticável para a obtenção da experiência clínica inicial.

Ao visitar o seu cirurgião-dentista, Gösta Larsson, que sofria de problemas dentais há muito tempo, ouviu falar da pesquisa desenvolvida na Universidade de Gotemburgo e decidiu candidatar-se como voluntário a participar dos estudos iniciais. Ele perdeu todos os dentes da mandíbula aos 34 anos, apresentava fissura palatina, maxila e queixo deformados, sofria constantemente com dores, tinha consideráveis dificuldades para se alimentar e falar.

Embora os procedimentos recomendados por Brånemark e seus colegas não fossem aceitos por muitos cirurgiões orais e ortopedistas na época, o tratamento de Gösta Larsson foi o primeiro realizado e com sucesso. Foram colocados quatro implantes em sua mandíbula que serviram para conexão de uma prótese fixa total inferior. Após o procedimento, Larsson passou a mastigar, comer, falar e teve uma vida saudável até 2006, ano de sua morte.

Foi somente em 10 de Outubro de 1975, que a Agência Nacional de Saúde na Suécia regulamentou o tratamento com implantes desenvolvido por Brånemark, porém limitou a sua utilização apenas por especialistas adequadamente treinados em clínicas apropriadas. Nos anos seguintes, Brånemark concentrou sua atuação no treinamento de especialistas e no aperfeiçoamento de componentes cirúrgicos e protéticos.

A descoberta ganha o mundo

George Zarb, um dos mais importantes pesquisadores da área do Desenvolvimento de Substitutos Artificiais de Raízes Dentais da Universidade de Toronto, no Canadá, ao tomar conhecimento da pesquisa de Brånemark , foi a Gotemburgo, onde permaneceu por seis meses e acabou convencendo Brånemark a dividir os resultados de sua pesquisa com o mundo. Zarb e seu grupo foram os primeiros a desenvolver estudos paralelos utilizando o protocolo Brånemark fora da Suécia.

Para facilitar a divulgação sobre os conceitos da técnica foi organizada uma conferência sobre “Osseointegração na Clínica Odontológica”, em Toronto, no Canadá em 1982, com o apoio das Universidades de Toronto e de Gotemburgo.  Zarb escreveu pessoalmente uma carta-convite aos principais pesquisadores da área Odontológica das Universidades para que comparecessem ao evento e aproveitassem a oportunidade de aprender uma técnica inédita em suas carreiras.

Muitos dentistas dessa conferência somente compareceram por causa do convite do professor Zarb, e confessaram, mais tarde, que não tinham expectativa nenhuma de que a tecnologia fosse superior a outras tentativas no passado.

Apesar de possuir 15 anos de experiência clínica, não somente na Suécia, Brånemark estava apreensivo a cerca da receptividade de sua apresentação; porém ao final da conferência, foi aplaudido de pé e muitos dos participantes tornaram-se seus colaboradores por anos vindouros.  A odontologia então nunca mais seria a mesma….

(Informações do Capitulo 1 do livro “Close to the Edge – Brånemark and the Development of Osseointegration” – McClarence, Elaine – Quintessence Books, Berlim, Alemanha, 2003)

Escrito por: Dr Francis Cassa. Especialista em Implantes dentários e Reabilitação Oral

 

5 comments on “A Origem dos Implantes Dentários

  1. Gilnei September 12, 2017 / Reply

    Fiz um emplante com doutor francês muito bom saiu perfeito além d ser muito profissional é educado e trata seus cliente muito bem e a assistente dele muito bom atendimento e muito bom trabalho

  2. Israel Santos de Santana September 13, 2017 / Reply

    Eu queria tanto fazer dois canais nos meus dentes só que estou sem o dinheiro pra pagar o tratamento mas pelas informações eu tenho certeza que Vossa Excelência é um excelente especialista em odontologia.

  3. Eduardo Silva September 13, 2017 / Reply

    Muito boa. Então existe a ponto fixa e o implante?

    • fvcassa@hotmail.com September 13, 2017 / Reply

      ola. existe as pontes fixas sobre dentes: prende se um dente no espaço ausente fixando nos dentes vizinhos. já no implante, insere uma raiz artificial em titaneo no osso aonde perdeu o dente e apos prende se uma coroa em porcelana. nao precisa desgastar os dentes ao lado para prender a protese.

  4. Rmilson Pinheiro September 26, 2017 / Reply

    Show de bola!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *